Instituto Midia Étnica

Comunicação e Ação Afirmativa

UNFPA e Instituto Mídia Étnica firmam parceria para ação em portal de comunicação

O UNFPA, Fundo de População das Nações Unidas, firmou uma parceria com o Instituto Mídia Étnica (IME), para promover e ampliar o debate sobre os temas da Agenda de População e Desenvolvimento, por meio de boletins informativos que serão divulgados no “Portal Correio Nagô”. A plataforma de comunicação possui cerca de sete mil colaboradores e colaboradoras e é considerada como veículo de  referência para o público afrodescendente na região do Nordeste.

drharold prEm 10 de dezembro, Harold Robinson, Representante do UNFPA no Brasil e Diretor na Argentina e Paraguai, esteve reunido em Brasília, com o publicitário Paulo Rogério Nunes, um dos fundadores do IME, para assinar o acordo da iniciativa. Acreditamos que esta parceria possibilitará uma maior compreensão sobre os compromissos assumidos pelo Estado Brasileiro para a garantia de direitos e promoção do desenvolvimento com justiça e sustentabilidade e o modo como vêm sendo operacionalizados, as leitoras e os leitores do Correio Nagô serão agentes de disseminação desta informação, afirmou Robinson.

Segundo Nunes, “o UNFPA vem desenvolvendo, desde 2008, projetos nas áreas de saúde sexual e direitos reprodutivos, direitos de jovens e enfrentamento ao racismo, em parceria com o Governo da Bahia e a Prefeitura de Salvador, além de organizações da sociedade civil. Essas iniciativas precisam reverberar no país, alcançando especialmente os mais beneficiados”.

De acordo com os dados do último Censo (IBGE, 2010) são cerca de 100 milhões de brasileiros que se classificam como pretos e pardos, agregados na categoria negros (51,7% da população brasileira), “neste contexto, os meios de comunicação devem atentar para este público e suas demandas. A contribuição do Correio Nagô nesse sentido é de gerar comunicação com um nível de engajamento maior do que as mídias tradicionais”, destacou Paulo Rogério.

As equipes de comunicação do Correio Nagô e do UNFPA trabalharão em conjunto na construção de uma série de conteúdos, e dentre os principais assuntos que nortearão as produções dos boletins semanais estão às questões de gênero, redução da mortalidade materna, saúde sexual e reprodutiva, juventude, saúde da população negra, entre outros.

Portal Correio Nagô

Foi lançado pelo Instituto Mídia Étnica, em Salvador, Bahia, em 2008. A expressão Correio Nagô refere-se à transmissão de conhecimento e informação através da linguagem oral, uma das formas de resistência encontradas pelos primeiros negros escravizados trazidos à força para o Brasil. Acesse através do link:http://revista.correionago.com.br/.

 

* Texto e foto de Midiã Santana/ UNFPA Brasil

Exibições: 69

Comentar

Você precisa ser um membro de Instituto Midia Étnica para adicionar comentários!

Entrar em Instituto Midia Étnica

© 2017   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço